FANDOM


As idas e voltas para a escola nunca foram tão longas quanto as que vêm tendo este ano, mas com boas companhias esse tempo é diminuído bastante. Para chegar até a escola pego um ônibus perto da minha casa 5:45 da manhã, com isso chego a tempo de pegar o segundo ônibus no Barreiro as 6:15, assim chego na UFMG depois de mais uns dez minutos de caminhada chego no COLTEC. Chegando até aqui está completa a primeira fase, certo ainda não morri, depois de um tempo estudando chega à hora do almoço.

O bandejão, aqui começa outra fase, se você sobreviver a comida o resto dia é bem mais tranqüilo, digo isso por que já acharam um parafuso dentro do feijão e não era nada pequeno. Depois do almoço ainda temos um tempinho antes de recomeçar as aulas então nós vamos jogar um pouco de totó e assim que acaba nosso tempo começa mais uma maratona de aulas e vamos todos embora.

Como é bom passar por um dia desses e ir embora, essa parte é a qual tenho mais coisas para contar porque essa hora é quando o quadrado todo se reuni, dentro do ônibus já vi de quase tudo acontecer, já vi uma nota de dois ser literalmente sugada pela janela, um bêbado dormir no corredor do ônibus, gay batendo no trocador, manifestação e um travesti deitado debaixo do ônibus saindo de lá pulando e gritando cheio de felicidade, isso tudo sem contar com o que fazemos, varia de zoação até enormes gritos.

Depois de tudo isso eu pego o segundo ônibus para voltar para casa e assim termina um dia muito longo, geralmente isso acontece todas as terças e quintas feiras, se não tivesse essa volta da UFMG até o barreiro com esse pessoal acho que seria quase impossível de voltar ainda rindo muito para casa.

Matheus Fernando