FANDOM


Arruda

Lixo despejado à margem do ribeirão Arrudas em Belo Horizonte.

O principal rio que abastece tanto BH quando sua região metropolitana, recebe esgoto doméstico, restos de mineração, todo lixo industrial e doméstico, sem tratamento. Ele, o Ribeirão das Onças mesmo estando contaminando continua abastecendo casas em toda região.

Os mananciais Betim, Congonhas e Jeceaba que são responsáveis por encaminhar as águas para a região metropolitana estão assoreados, e poluídos. Os rios da bacia de São Francisco que são os influentes, o Velhas e o Paraopeba, tiveram muitos investimentos para suas recuperações só que sem a parada de poluição e desmatamento os investimentos não se tornaram evidentes.

Não foram obtidos efeitos, pois com 2,3 milhões de habitantes produzindo dejetos que são jogados nesses rios a limpeza não têm sucesso. A situação é pior no Rio Paraopeba que tem pouca profundidade, alto assoreamento por causa da devastação da mata ciliar, e 1,2 milhões de pessoas jogando seus esgotos sem tratamento nele. Esse rio ajuda a encher a represa de Três Marias, ou seja no futuro próximo as mesmas águas poluídas que abastecem as casas da Grande BH, abastecerá também as casas do interior de Minas Gerais perto da cidade de Felixlândia.

Essa contaminação de rios é devido ao não tratamento do esgoto que é simplismente despejado em corregos que acabam desaguando nos rios que abastecem BH ocacionando a contaminação da nossa água.

Trab

Bacias Hidrográficas em MG