FANDOM


Coltec
&nbsp


O COLTEC [1] foi criado em 1969, a partir de convênio celebrado entre o Conselho Britânico, a UFMG, o CNPq e o MEC, com a finalidade de atender à demanda de formação de profissionais técnicos de nível médio nas áreas de Patologia Clínica, Instrumentação, Eletrônica e Química. Em 1972, a vigência desse convênio foi renovado por mais cinco anos (1973 a 1977). O COLTEC foi, então, vinculado à Faculdade de Educação (FaE). Em 1981, o Conselho Universitário da UFMG estabeleceu, por meio da resolução 25/81 de 06 de novembro daquele ano, as diretrizes para o Centro Pedagógico, Unidade Especial formada pela Escola Fundamental e COLTEC, vinculada à FaE. Essas diretrizes gerais definiram a nova unidade como um espaço de experimentação pedagógica e curricular. O COLTEC, desde a sua criação, tem o propósito de ser referência para as demais escolas do país. Sua influência tem sido justificada em função de sua organização, da crescente qualificação de seu pessoal docente e técnico, da infra-estrutura dos seus laboratórios e, principalmente, em função do seu projeto educativo, que possibilita a formação do estudante de nível médio e técnico com uma significativa base científica, experimental e humanística e um contato permanente com instrumentos e técnicas atualizadas. Até 2008 o COLTEC possuía 4 cursos técnicos, com ensino médio concomitante. No final do ano de 2008 foi aprovado o curso técnico de Informática, que começou a vigorar a partir do ano letivo de 2009. Nesse mesmo ano, graças a algumas alterações em alguns cursos, as vagas para os cursos técnicos passaram de um total de 136 para 176.

A Fonte: [2]