FANDOM


Mesmo indo contra os meus princípios, que dizem e afirmam que uma crônica tem que ser originada a partir de uma reportagem (ou notícia) publicada no mesmo veículo de de mídia e na mesma edição que a crônica. terei que escrever mesmo assim.

Bom, como seria a minha primeira crônica para ser entregue ao professor? - Olha a influência do Fernando Sabino- Primeiramente esta crônica não terá fins de propaganda pessoal - alfinetada no aparecido da Harvard Business School. O meu tema tem que ser sobre o COLTEC. Logo pensei o q todos os dias me faz surpreender, reclamar e ate divertir? Então fiz uma correção, pois não é o quê, mas sim onde. Em seguida me respondi "A minha maior pérola, o 50".

Para quem não sabe o 50 é o suplementar cujos passageiros por não terem lugar para sentarem-se e muito menos para ficarem em pé, vão surfando no teto do micro-ônibus.

As minhas viagens nesse mundo que a cada dia demonstra-se mais surpreendente e cheio, duram de 20 a 60 minutos no máximo. E tenho muitos colegas que também são aventureiros, um deles é a Juliana.

Aí!! Estou rindo muito aqui agora, pois acabei de lembrar do ocorrido que a Juh me contou. ela narrou que um dia quando voltava para casa no 50, que para não variar estava mais do que lotado, não tinha lugar para segurar e estava situada e esmagada entre dois homens bem altos. Por não ter lugar para segurar, a Juh teve a cara de pau de pedir um dos homens para segurar em seus ombros - Eu só imagino a cena.

Um acontecimento que nunca irei esquecer foi os dois calouros do ICB, tentando decodificar o que significava FAFICH. Então um falou que achara que significava Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. rapidamente o outro começou a falar e se perguntar ao mesmo tempo, FA de faculdade? FI deve ser filosofia! E o CH (xi) é de quê Ahh ... é mesmo deve ser de ciências humanas.

No 50 todos os dias nos deparamos com com feições diferentes, é ... eu nunca irei esquecer da feição de um calouro no inicio, bem no inicinho do segundo semestre de 2011. Seu rosto aparentava um susto ao mesmo tempo temor e estranhamento, fora a sua postura que expressava sua primeira aventura nesse mundo e que também não sabia o que fazer ali dentro. Logo pensei que deveriam criar um manual para orientar esses aventureiros de primeira viagem.

Com esses fatos e muito outros já vividos por mim e por meus colegas, percebo que tudo dentro de um ônibus é imprevisível e novo, pois a cada viagem as pessoas e nós mesmos somos diferentes.

Pedro Camillo Pereira

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.