FANDOM


Chupisco Editar

Gíria com significado de conotação sexual, também escrito como Chupisco. Ato denominado como o ato de uma pessoa chupar enquanto a outra pisca, no popular Chupa-se o membro genital de uma pessoa enquanto o recebedor do ato pisca. Isto é o Chupisco

Deração, equilíbrio e idealismo, e com isso, combatendo as últimas manifestações do Barroco (reação contra os excessos decoratistas e dramáticos). Também existe a grande exaltação da natureza, no arcadismo, vários poetas usaram como pseudonômios nomes de pastores gregos e latinos.


Vários fatores contribuíram para o surgimento de uma nova corrrente classicista, nítida e influente, centralizada em Roma, convivendo e combatendo as últimas manifestações do Barroco. Entre eles: o esgotamento da fórmula barroca e a condenação dos "excessos" deste, peso, decorativismo fútil, e irregularidade; e o crescente interesse pela Antiguidade Clássica, em geral, com seus valores de modéstia, racionalismo, equilíbrio, idealismo, simplicidade formal e desapego do luxo. O Neoclassicismo está, também, intimamente ligado ao declínio da influência da religião e à ascensão dos ideais iluministas, que combatiam as superstições e dogmas religiosos, e enfatizavam o progresso social e o aperfeiçoamento pessoal dentro de uma forte moldura ética. Os antigos escritores gregos e romanos sintetizam o ideal de harmonia que os autores do período buscavam resgatar. Por isso eles também são conhecidos como neoclássicos.

Neoclacissismo

Pintura de A.ZOFFOLI, mostra a perfeição nos traços humanos, fazendo a imagem parecer uma fotografia. A relação do homem com a natureza e culto à cultura Greco-Romana


Nas duas décadas do seculo XVIII e nas três primeiras décadas do seculo XIX,uma nova tendência estética predominou nas criações dos artistas europeus .Trata-se do neoclassicismo (neo-novo) que expressou os valores próprios de uma nova e fortalecida burguesia,que assumiu a direção da sociedade europeia após a Revolução Francesa.Editar

- Neoclassicismo ou MerdaEditar

Características:Editar

*Retorno ao passado,pela imitação dos modelos antigos greco-latinosEditar

*academicismo nos tema e nas técnicas,isto é,sujeição aos modelos e regras ensinadas nas escolas ou academias de belas -artes.Editar

*arte entendida como imitação da natureza,num verdadeiro culto á teoria de Aristóteles Editar

O pensador de rodin

Pensando na peka

Arcadismo Editar

Em meados do século XVIII, na Inglaterra e na França, a burguesia passa a dominar a economia do Estado, através do intenso comércio ultramarino e da multiplicação de estabelecimento bancários, assenhoreando-se mesmo de uma parte da agricultura. A velha nobreza arruína-se; os religiosos, com suas polêmicas, levam os problemas teológicos ao descrédito. Em toda Europa as circunstancias são semelhantes, e a influência do pensamento burguês se alastra. Nesse momento, geram-se duas manifestações distintas, mas complementares, como muito bem observou o crítico Alfredo Bosi:

"Importa, porém, distinguir dois momentos ideais na literatura dos Setecentos para não se incorrer no equívoco de apontar contraste onde houve apenas justaposição:

a) o momento poético que nasce de um encontro, embora ainda amaneirado, com a natureza e os afetos comuns do homem, refletidos através da tradição clássica e de formas bem definidas, julgadas dignas de imitação (Arcadismo);

b) o momento ideológico, que se impõe no meio do século, e traduz a crítica da burguesia culta aos abusos da nobreza e do clero(Ilustração)."

O Arcadismo, também conhecido como Setecentismo ou Neoclacissismo, é o movimento que compreende a produção literária brasileira na segunda metade do século XVIII. O nome faz referência à Arcádia, região do sul da Grécia que, por sua vez, foi nomeada em referência ao semideus Arcas (filho de Zeus e Calisto).

Denota-se, logo de início, as referências à mitologia grega que perpassa o movimento. O movimento, parecido com o Renascimento e Classismo, recebeu o nome de Neoclassismo, justamente por isso. Os escritores árcades pretendiam retomar o estilo clássico, ligado ao renascentismo, onde o antropocentrismo era criticado. Tudo isso era feito de uma nova maneira, com uma visão ainda mais ampliada sobre a razão.

O modo de escrever sobre a razão e a ciência era novidade na época. Os escritores clássicos adotavam uma vida mais simples, tinham contato com a natureza e gostavam de relacionamentos amorosos tranquilos. Já os escritores árcades, faziam diferente, escreviam de uma forma mais racional, mostravam realidades que a igreja não permitia, fugiam da forma convencional dos poétas clássicos e por isso eram considerados fingidores poéticos.

Lancret-swing

A imagem mostra a relação entre a natureza e o homem com respeito máximo.

Arcadismo: expressão artística da burguesiaEditar

O nome Arcadismo deriva de "Arcádia", este foi inspirado em uma região da Grécia que tinha como ideal o equilíbrio entre homem e natureza. Assim o Arcadismo tem como principal tema o Bucolismo, no qual a natureza é considerada como refúgio da verdade e da beleza.

No início do século XVIII mostrava o barroquismo literário em plena decadência. Com o declínio da aristrocacia e a ascenção da burguesia, sente-se uma tendência para a renovação do gosto literário e do credo estético, com o esgotamento da literatura cortês do barroco. Desenvolveu-se uma reação contra o barroquismo do seiscentos, expressa num amplo movimento de restauração classizante, em que o espírito clássico ressurge sob a forma de neoclassicismo.

Dentre as variedades do neoclassicismo, figurou o movimento arcádico. No final do séc. XVII, a ex-rainha Cristina da Suécia (1626-89) mudou-se para Roma já que renunciara ao trono e ao luteranismo, convertendo-se ao catolicismo. Inteligente e culta, desde a Suécia habituara-se a cercar-se de sábios e artistas para a discussão e leituras de trabalhos literários. Em Roma atraiu para essas reuniões a fina flor da inteligência local, formando um cenáculo intelectual que após a sua morte se transformaria na Arcádia (1690). Nasceu, assim, com regulamento e programas, a nova academia composta de 16 membros. Tinha o objetivo de reconduzir à fonte da natureza, à simplicidade de sentimento e de estilo, a poesia, e em geral, a literatura. O nome 'Arcádia' era dado na Grécia antiga à região do Peloponeso, morada do deus Pan, e onde a tradição imaginava residirem todos os pastores com seu míticos costumes em contato com a natureza, onde residiam a beleza, pureza e espiritualidade. Procuravam a dureza do viver com uma disposição para o canto e a dança, as canções de amor e as poesias caracterizadas pela espontaneidade e simplicidade. Segundo Toffanin, era a pátria da antiga poesia pastoril. Por isso o nome foi transferido para a academia italiana, acrescentando-se ainda a particular ressonância obtida pelo romance pastoral de Jacopo Sannazaro (1458-1530) intitulado Arcádia (1504). Os membros da nova Arcádia chamavam-se "pastores", cada um adotando um nome pastoril, grego ou latino, sendo o presidente eleito designado "guardião geral". As reuniões eram realizadas em parques e jardins.

B658b8857a07cbaa0ed16267f8882fc5

Idealização da vida natural no Arcadismo

Engajado no processo de luta ideológica e política que levaria a burguesia ao poder em 1789, o Arcadismo pode ser visto, sob o ponto de vista ideológico, como uma arte revolucionária. Contudo, do ponto de vista estético, é uma arte conservadora, pois ainda se liga aos modelos clássicos, tanto tempo cultivados pelas cortes aristocráticas.


Além de seu caráter democrático, o Arcadismo teve uma tendência supernacional. O movimento de reforma literária e linguística irradiou-se em filiais pelos diversos reinos e cidades da Itália e em numerosos países e colônias.

Arcadismo em PortugalEditar

Da Itália, o movimento arcádico passou de Portugal e depois para o Brasil. Empenhado que estava Portugal, no séc. XVII, numa reação anti-castelhana, inclusive como reação paralela à restauração da independência o movimento arcádico encontrou boa acolhida. As academias do século anterior foram se transformando em corporações, do tipo ora arcádico, ora científico. De qualquer modo, no sentido francesa que invadia o século seguinte.



Bocage. a

Manuel Maria Barbosa Du Bocage, importante poeta árcade português.

Em Portugal, o arcadismo instalou-se com a Arcádia Lusitana (1756-74), reunindo escritores de renome: Antônio Dinis da Cruz e Silva, Gomes de Carvalho, Manfgj

uel Figueiredo, Cândido Lusitano, Domingo dos Reis Quita, Correio Garção, José Caetano de Mesquita. Houve ainda, a Nova Arcádia, no final do séc. XVIII, de que foram membros Bocage e José Agostinho de Macedo.

Arcadismo no BrasilEditar

No Brasil, o arcadismo chegou e desenvolveu-se na segunda metade do século XVIII, em pleno auge do ciclo do ouro em Minas Gerais e ocorre, também, a transferência do centro político do Nordeste (Salvador) para o Rio de Janeiro. É também neste momento que ocorre a difusão do pensamento iluminista, principalmente eneetre os jovens intelectuais e artistas de Minas Gerais.

O Arcadismo no Brasil inicou-se em 1768 com a fundação "Arcária Ultramina" em Vila Rica e a publicação de Claúdio Manuel da Costa, chamada "Obras poéticas".

As ideias luministas vieram ao encontro dos sentimentos e anseios nativistas.

As características desse movimento no Brasil são: valorização da história colonial, início do nacionalismo e luta pela independência e introduão de paisagens tropicais, como o caramuru.

Entre os principais poetas do arcadismo brasileiro podemos destacar Cláudio Manoel da Costa (autor de Obras Poéticas), Tomás Antônio Gonzaga (autor de Liras, Cartas Chilenas e Marília de Dirceu), Basílio da Gama (autor de O Uruguai), Frei de Santa Rita Durão (autor do poema Caramuru) e Silva Avarenga (autor de Glaura).

As principais características das obras do arcadismo Brasileiro são a valorização da vida campestre

e crítica à vida nos centros urbanos, objetividade, idealização da mulher amada, abordagem de temas épicos, linguagem simples e pastoralismo.

Arcadismo-literatura-300x200

Valorização da vida campestre era uma das características do Arcadismo.

Editar

Arcadismo-no-brasil-3

Arcadismo no Brasil



 ==Características da linguagem árcade==


Somente no século XIX, após a Revolução Francesa, é que se verá a verdadeira revolução burguesa na literatura, com o surgimento do Romantismo.


No Brasil o Arcadismo, chega a desenvolver- se na segunda metade do século XVIII, em pleno auge do ciclo do ouro na Região de Minas Gerais. É também neste momento que ocorre a difusão dos ideais iluministas, principalmente entre os jovens intelectuais de Minas Gerais, foi desta região, que "fervia" culturamente e socialmente,que surgiram os grandes poetas desse movimento.
Entre os principais poetas do arcadismo brasileiro, podemos destacar Cláudio Manoel da Costa (autor de Obras Poéticas), Tomás Antônio Gonzaga (autor de Liras, Cartas Chilenas e Marília de Dirceu), Basílio da Gama (autor de O Uruguai), Frei Santa Rita Durão (autor do poema Caramuru) e Silva Avarenga (autor de Glaura).
As principais características do arcadismo brasileiro são: valorização da vida no campo, crítica a vida nos centros urbanos, uso de apelidos, objetividade, idealização da mulher amada, abordagem de temas épicos, linguagem simples e pastoralismo


Alguns procedimentos são esseciais da linguagem árcade, como o desprezo pela vida urbana e o gosto pela paisagem campestre; o ideal de uma vida simples, integrada à natureza; presença de elementos da cultura greco-latina, equilíbrio espiritual; racionaismo; cultivo de formas clássicas, como o soneto e o verso decassílabo; uso de uma linguagem simples, com vocabulário comum, orações quase sempre na ordem direta, poucas figuras de linguagem.

Além dessas, outras características da linguagem árcade merecem destaque:

  • fugere urbem (fuga da cidade): ingluenciados pelo poeta latino Horácio, os árcades defendiam o bucolismo como ideal de vida, o viver de modo simples e natural, no campo, longe dos centros urbanos. Tal princípio era reforçado pelo pensamento do filósofo francês Jean Jacques Rousseau, segundo o qual a civilização corrompe os costumes do homem, que nasce naturalmente bom.
  • aurea mediocritas (vida medíocre materialmente, mas rica em realizações espirituais): outro traço presente no Arcadismo e advindo da poesia horaciana é a idealização de uma vida pobre e feliz no campo, em oposição à vida luxuosa e triste na cidade
  • ideias iluministas: como expressão artística da burguesia, o Arcadismo veicula também certos ideais políticos e ideológicos dessa classe, formulados pelo Iluminismo, movimento filosófico constituído por pensadores que defen
    Horacio1

    Representação do poeta Horácio

    diam o uso da razão, em contraposição à fé cristã, e combatiam o Absolutismo. Embora não tenham sifo o centro temático da produção da maioria dos poetas árcades, ideias de liberdade, justiça e igualdade social estão presentes em alguns textos da época.
  • convencionalismo amoroso: na poesia árcade, as situações são artificiais, não é o próprio poeta quem fala de si e de seus reais sentimentos. Nos poemas, quase sempre um pastor confessa seu amor a uma pastora e a convida para aproveitarem a vida junto à natureza. Tem-se, porém, a impressão de que se trata sempre de um mesmo homem, de uma mesma mulher, de um mesmo tipo de amor. Não há variações emocionais de um poema para o outro nem de poeta para poeta. Isso ocorre devido ao convencionalismo amoroso, que impede a livre expressão dos sentimentos. Ou seja. o que mais importava ao poeta árcade era seguir a convenção, fazer poemas de amor como os poetas clássicos e não expressão os sentimentos. O distanciamento amoroso entre os amantes que se verificava na poesia clássica se mantém, e a mulher continua sendo vista como um ser superior, inalcançável, imaterial.
  • carpe diem: o desejo de aproveitar o dia e a vida enquanto é possível - tema já bastante explorado pelo Barroco - é retomado pelos árcades e faz parte do convite amoroso.


Quadro comparativo das principais características das linguagens árcade e barroca


Arcadismo Barroco
Antropocentrismo Conflito entre visão antropocêntrica e teocêntrica
Racionalismo, busca de equilíbrio Oposição entre mundo material e mundo espiritual, entre fé e razão
Paganismo; elementos da cultura greco-latina Cristianismo
Imitação aos clássicos renascentistas Restauração da fé religiosa medieval
Idealização amorosa, neoplatonismo, convencionalismo amoroso Idealização amorosa, sensualismo e sentimento de culpa cristão
Fugere urbem, carpe diem, aurea mediocritas Consistência trágica da enfermidade do tempo, carpe diem
Busca de clareza das ideias Gosto por raciocínios complexos, intrincados, desenvolvidos em parábolas e narrativas bíblicas
Pastoralismo, bucolismo Morbidez
Universalismo
Ideias iluministas Influências da Contra-Reforma
Quanto à reforma
Vocabulário simples Vocabulário culto
Gosto por ordem direta e pela simplicidade da linguagem Gosto pelas inversões e por construções complexas e raras
Gosto pelo soneto e pelo decassílabo Gosto pelo soneto e pelo decassílabo
Ausência quase total de figuras de linguagem Linguagem figurada

Pintura NeoclássicaEditar

Temos como características da pintura:A pintura neoclássica obedecia a regras inspiradas nas esculturas gregas e na pintura renascentista italiana.

  • Formalismo na composição, refletindo racionalismo dominante.
  • Nicolas lancret

    O Balanço - Nicolas Lancret, década de 1730

    Exatidão nos contornos.
  • Harmonia do colorido.

As pinturas pareciam fazer parte de uma peça de teatro, por serem bem realistas, e eram desenhados em uma posição fixa. Na pureza das linhas e na simplificação da composição, buscava-se uma beleza deliberadamente estuária. As cores nas pinturas eram bem claras, como pode-se perceber nas imagens ao lado e abaixo, puras e realistas, como já havia dito, com muita iluminação e límpida. Percebemos que os contornos são bem claros e nítidos.


Um dos maiores representantes da pintura neoclássica é o Jacque-Louis David, considerado o pintor da revolução Francesa e mais tarde tornou-se o pintor oficial do Império de Napoleão. Suas obras geralmente expressam um vibrante realismo, mas também pode apresentar fortes emoções.

Outro importante marco do neoclassicismo é Jean-Auguste-Dominique Ingres , um pintor que foi uma espécie

Cláudio manuel da costa- Arcadismo

Imagem da obra de Cláudio Manoel da Costa

de cronista visual da sociedade de seu tempo. Jean acreditava que a tarefa primordial da arte era produzir quadros históricos. Ele também defendia a pureza das formas, dizendo, por exemplo, que desenhar uma linha perfeita é mais importante que colorir. Suas obras abranjem além de composições mitológicas e literatura, nudez, retratos e paisagens.

O estilo artístico neoclássico busca se inspirar no equilíbrio e na simplicidade, com bases na criação da Antiguidade. Temos assim, a presença das artes plásticas que possuem características que merecem ser citadas.

Perseus Canova Pio-Clementino Inv969

Perseu com a cabeça de Medusa. Uma das mais importantes esculturas Neoclassicistas.

Dentre elas temos: a retomada do estilo greco-romano; formalismo e racionalismo; culto à teoria de Aristóteles; democracia como i

deal da época; na escultura o mármore branco era o mais nobre dos materiais, sendo assim o mais preferido nas plásticas.

Ao lado temos um exemplo de escultura Neoclassicista em que o mármore branco foi utilizado.

Jacques Louis David como já vimos, foi um dos mais caracteristicos representantes do neoclassicismo. Ao longo de alguns anos ele controlou as atividades artísticas francesas, quando foi o pintor oficial da corte imperial, assim pintava fatos históricos da vida do imperador Napoleão Bonaparte.


Imag050203

"A coroação de Napoleão em Notre Dame", uma das pinturas mais importantes e conhecidas de Jacques Louis David.




Faage001

Pintura do artista neoclássico francês Watteau












Portuense leda1

Vieira Portuense, Leda e o cisne, 1798. Foi a síntese das influências recebidas e prova da sua habilidade: paleta clara, arvoredo denso, nu voluptuoso.

Arcadismo no BrasilEditar

O Arcadismo se desenvolveu no Brasil no século XVIII no estado de Minas Gerais, onde havia descoberto ouro. Esse fato marcou o local como centro econômico e cultural da colônia portuguesa. Ideais do iluminismo era trazido da Europa por membros da burguesia. O arcadismo no brasil

delimita-se entre o ano de 1768 com as publicações das obras de Cláudio Manoel da Costa a 1836 quando se inicia o começo do Romantismo. Marcando também como um dos aspectos centrais o dualismo dos escritores brasileiros do século XVIII que seguiam os modelos culturais europeus e se interessavam pela natureza e por problemas específicos da colônia brasileira, e as influências das idéias iluministas sobre os escritores brasileiros, que assim resultaram no movimento da inconfidência mineira. Exemplos de poetas árcades: Tomás Antônio Gonzaga (1744 - 1810), autor de Liras, Cartas Chlenas e Marília de Dirceu; e Basílio da Gama (1741 - 1795).

Marilia 1810-1-

Primeira edição brasileira de "Marília de Dirceu". Rio de Janeiro, 1810.

Alguns poemas de escritores pioneiros do arcadismo brasileiro:

Epístola
(Sílva Alvarenga)

Gênio fecundo e raro, que com polidos versos
A natureza pintas em quadros mil diversos:
Que sabes agradar, e ensinas por seu turno
A língua que convém ao trágico coturno:
Téu Pégaso não voa furioso, e desbocado

A lançar-se das nuvens no mar precipitado,
Nem pisa humilde o pó; mas por um nobre meio
Sente a doirada espora, conhece a mão e o freio:
Literatura - AULA 07 - Arcadismo - Portugal e Brasil27:37

Literatura - AULA 07 - Arcadismo - Portugal e Brasil.

Tu sabes evitar se um tronco ou jaspe animas,
Do sombrio espanhol os góticos enigmas,
Que inda entre nós abortam alentos dissolutos,
Verdes indgnações, escândalos corruptos
Tu revolves e excitas, conforme as ocasiões
Do humano coração a origem das paixões.

Sonetos

(Cláudio Manuel da Costa)

Leia a posteridade, ó pátrio Rio,
Em meus versos teu nome celebrado;
'Por que vejas uma hora despertado
O sono vil do esquecimento frio:

Não vês nas tuas margens o sombrio,
Fresco assento de um álamo copado;
Não vês ninfa cantar, pastar o gado
Na tarde clara do calmoso estio.

Turvo banhando as pálidas areias
Nas porções do riquíssimo tesouro
O vasto campo da ambição recreias.

Que de seus raios o planeta louro
Enriquecendo o influxo em tuas veias,
Quanto em chamas fecunda, brota em ouro.


Extras:

Pequeno resumo sobre o Arcadismo: http://www.vidaempoesia.com.br/linguagemneoclassicismo.htm

Arcadismo no Brasil: arcadismo.com/arcadismo-no-brasil

Poesias do arcadismo: (http://arcadismo.com/serie-poesias-do-arcadismo/

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.